Uma dobra no tempo

Uma dobra no tempo, de Madeleine L’Engle – Resenha

Uma dobra no tempo é um clássico de Ficção-científica, que nos transporta junto com Meg, Charles e Calvin, em uma jornada entre galáxias e o desconhecido, com apenas 3 coisas na bagagem: Amor, Esperança e Coragem. 

Sobre o livro

Uma dobra no tempo é um clássico da ficção-científica e fantasia, que ganhou uma versão lindíssima e muito especial da editora Harper Collins. A obra é tão encantadora que mesmo agora, mais de 50 anos depois de sua primeira publicação, segue encantando e emocionando leitores até hoje.

Uma dobra no tempo é um clássico da ficção-científica e fantasia, que ganhou uma versão lindíssima e muito especial da editora Harper Collins. A obra é tão encantadora que mesmo agora, mais de 50 anos depois de sua primeira publicação, segue encantando e emocionando leitores até hoje.

Os protagonistas

Meg é uma garota um tanto quanto teimosa e furiosa, que não sabe ao certo qual o seu lugar no mundo e não possui uma perspectiva boa de seu próprio futuro.

Charles Wallace uma criança com QI potencialmente elevado e uma intuição aguçadíssima é, assim como sua irmã, incompreendido perante a sociedade, porém possui uma sagacidade considerável sendo o equilíbrio entre as birras e crises de fúria de sua irma.

Calvin O’Keefe, chegou por acaso ao grupo e é um garoto muito simpático com um poder de comunicação aguçado, vem de uma família muito grande e problemática e tenta buscar refúgio e atenção em seus amigos Meg e Charlies.

As 3 ‘Senhoras’: Sra Quem, Sra Qual e Sra Quequeé

Com o desaparecimento repentino de seu pai após viajar em uma missão para o governo, os irmãos e o colega Calvin, são convocadas por 3 “Senhoras”, para embarcar em uma aventura para salvá-lo – e talvez o planeta terra – em um planeta chamado Camazotz* que está dominado pelo medo e escuridão.

As 3 “Senhoras” – personagens que nos causam um misto de estranheza e empatia desde as primeiras páginas – são entidades um tanto quanto peculiares cada uma com sua forma de agir e se comunicar, auxiliam as crianças durante a jornada com frases – até então – sem sentido para que descubram as respostas sozinhas e mantenham o seu poder de escolha.

*Segundo a mitologia Maia, Camazotz era um ‘Homem-morcego’ que representava a noite, a morte e o sacrifício.

Conclusão

O livro nos traz uma mensagem muito clara e explícita de que ‘Iguais e idênticos são duas coisas totalmente diferentes”, nos traz o amor e a inocência de uma criança ao mesmo tempo que faz uma forte crítica ao sistema de autoridade absoluta, nos mostrando a importância das diferenças e do poder de escolha de cada um.

A autora explora ciência e religiosidade, trazendo questões sobre fé, esperança e amor ao mesmo tempo em que nos traz teorias de ciências, física, planetas e tecnologias, criando teorias que encantam o leitor do primeiro ao último capítulo do livro.

Um dobra no tempo é perfeito para gosta de mundos fantásticos, viagens no tempo e espaço, onde se encontra claramente uma jornada de coragem e amor acima de tudo.

5/5
Cronologia homem-aranha
Ação/Aventura
Colecionando Livros

Cronologia Homem-Aranha

Quem aqui não ficou ansioso pelo lançamento de Homem-Aranha No way to home, não é mesmo? Para você que não é/era fã e para você que já assistiu todos os filmes milhões de vezes sabe todas as falas, separei a cronologia fresquinha dos filmes para maratonar e pegar aquela referencia que talvez tenha passado batido por você.

Até mesmo quem não é fã aguardou ansioso pelo Andrew Garfield, tobey maguire e a replica do famoso meme dos 3 homens-aranhas.

Drama
Colecionando Livros

Resenha Labirinto do Fauno

O Labirinto do fauno é uma mistura de tristeza, esperança e inocência.
Ele é esplêndido e sua tristeza nos cativa em cada página, sendo impossível não se emocionar com a Ofélia, que mesmo muito pequena conheceu a maldade de perto e descobriu que o ser mais perigoso e horripilante não era o Homem Pálido ou o Sapo Guloso (Ou qualquer outro monstro de contos de fadas) e sim o ser humano, ele é o verdadeiro vilão em toda a história.

Distópico
Colecionando Livros

Resenha Mundo de Lore – Aaron mahnke

O mundo de Lore é um livro baseado em um dos mais fascinantes e horripilantes podcasts que eu conheço. Além disso, Lore nos relata histórias por trás dos folclores existentes, aguçando nossa curiosidade e nos deixando de cabelo em pé. 

Twitter
Instagram
Mais lidos
 
0